sexta-feira, 14 de maio de 2010

Quanto custa uma democracia?

Lembra alguma coisa?

Praticamente impossível identificar todo os que se reúnem mensalmente neste tal Seminário sobre Democracia (glup!) e Liberdade de Expressão (rs rs). Mas vamos a alguns dos mais conhecidos figurões da mídia:

Dr. Roberto Civita (Abril), o ministro Hélio Costa (Globo), Marcel Granier (dono da RCTV- rede de televisão, famosa por tramar e propagar o fracassado golpe de 2002 na Venezuela), Demétrio Magnoli (venerando Libelu de direita, que está decidindo se o melhor é ser contra a política de cotas ou contra a política de quotas), Denis Rosenfield (entidade do folclore gaúcho que ainda não tomou conhecimento do fim da Guerra Fria), Arnaldo Jabor (o espirituoso), Carlos Alberto Di Franco (dirigente da organização “democrática...” rs rs Opus Dei), Marcelo Madureira (humorista neocon), Pedro Bial (faz o quê mesmo?), Sardenberg (companheiro da Lúcia Hipólito/Globo/CBN), Reinaldo Azevedo (claro!), Roberto Romano (ético ao quadrado), Washington Olivetto, da W/Brasil e os modernos deputados Fernando Gabeira e Miro Teixeira.

O instituto é presidido por Patrícia Carlos de Andrade. Ex-mulher de um ex-integrante do Banco Central, foi analista de economia e política nos bancos Icatu e JPMorgan. Há quatro anos passou a se dedicar de forma voraz à construção do Instituto Millenium. Patrícia é filha do falecido jornalista Evandro Carlos de Andrade, da Rede Globo.

O final retumbante de um desses “seminários” terminou com o apoteótico holocausto verbal do “deus” Arnaldo Jabor:

“A questão é como impedir politicamente o pensamento de uma velha esquerda que não deveria mais existir no mundo”?

Será isso alguma senha...?


Fontes: CMI Brasil - Carta Maior - Jenipaponews.
Arte: Jenipaponews

8 comentários:

Mirócles disse...

Estes tenebrosos senhores desta tenebrosa reunião não gostaram porque o Serra deu um chega pra lá na Miriam Leitoa ao vivo (ficou doido?) e ainda dise que era de Esquerda (pirou de vez). Vem chumbo grosso por aí inclusive emcima daquela bicha escrota do Reinal Azevedo da Veja. Outro escândalo. Tá ficando bom.

Mineirin - Nova Lima (MG) disse...

Mirócles, isso tudo com a pesquisa verdaeira da Dilma na frente do mentiroso, está começando a se normalizar as coisas. Mas é melhor agente não desmoralizar estes caras não, eles não são tucaninhos não, são aves de rapinas e perigosos. Agora é que nosso Écinho do pó vai querer distância deles.

xico suvaco, morrendo de inveja do cachê do cara... disse...

Netin de deus, essa tu não sabe, Miau é um gato de zói verde que de poeta da geração mimeógrafo (Peter Pane, vê se pode, era o pseudônimo...) que virou locutor de supermercado, quer dizer, de reality show...

Aline disse...

OLá na verdade eu gostaria mesmo de um contato de e-mail, pois gostaria de saber se o moderador do blog teria fontes que falem do passado indigesto dos candidatos a presidencia, não consigo achar muita coisa confiável pela internet, gostaria de ter a certeza, se possível entre em contato comigo:

alineffeitosa@gmail.com

STELLA BIACHINNE disse...

O CUSTO DE UMA DEMOCRACIA PARA ESTES NAZIS DA DESMORALIZADA GRANDE IMPRENSA, É A REPETIÇÃO POR MILHARES DE VEZES DE UMA MENTIRA, ATÉ QUE ELA SE TORNE VERDADE PARA ELES QUE ESTÃO VIVENDO UMA ILUSÃO DELIRANTE E ESPALHANDO O DESESPERO DENTRE SEUS POUCOS RICOS E RACISTAS SEGUIDORES

Paty Floripa disse...

Aline, se não achas nada confiável na internet, procure nos sites do STE ou o site "Transparência", mesmo assim, ainda confio mais na internet; corra anos-luz de distância de esgotos como a Veja, Folha, jornais da TV Globo, Band Estadinho... Em suma: aproveite que estamos livres dos donos da informação do passado.
Esqueci: a não ser que tenhas orgasmo em mentiras... rs rs rs

Fortunato disse...

Responda à moça Aline com mais objetividade, dona Paty.
Que tal este pequeno comentário de um dos mais respeitados jornalistas brasileiros: Mino Carta (Carta Capital). Foi um dos responsáveis pelo sucesso da antiga Veja:
“Não há entidade, instituição, setor, capaz de representar de forma mais eficaz a elite brasileira do que a nossa mídia. Desta nata, creme do creme, ela é, de resto, o rosto explícito. E a elite brasileira fica a cada dia mais anacrônica, como a Igreja do papa Ratzinger. Recusa-se a entender que o tempo passa, ou melhor, galopa. Tudo muda, ainda que nem sempre a galope. No entanto, o partido da mídia nativa insiste nos vezos de antanho, e se arma, compacto, diante daquilo que considera risco comum. Agora, contra a continuidade de Lula por meio de Dilma.
E aqui o link:

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2010/05/21/mino-faoro-o-pig-e-o-ira-%e2%80%9ca-elite-brasileira-e-entreguista%e2%80%9d/

Jonas disse...

Pra eles, não chega nem perto do preço do que o Arnaldo Jabor defeca pela boca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...